Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Justiça Imparcial …

 

… no caso “Casa Pia”
 
 
Depois de ter tido conhecimento de mais uma decisão judicial relativa ao processo “Casa Pia”, João Trovão pergunta a Maria Relâmpago:
 
- Que me dizes ao facto do Estado ter sido condenado a pagar mais de 130.000 Euros ao socialista Paulo Pedroso, lá por causa do caso Casa Pia?
 
- Isso é a prova de como a Justiça, nesse caso, agiu de modo ... imparcial!...
 
- Como?... Imparcial?
 
- Então! … Começou por condenar o Estado a pagar indemnizações aos abusados, agora atribui indemnizações aos acusados … Queres mais imparcialidade do que esta?...
 
 
publicado por raio às 22:35

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

A Tradição Cultural da ...

Pedofilia Nacional
 
João Trovão e Maria Relâmpago tomam o pequeno almoço. Após um momento de profundo silêncio, João dá um murro a mesa e exclama:
- Descobri! Caramba! descobri mesmo!
Maria não ganhou para o susto, mas lá consegue perguntar:
- Faço ideia do que para aí vem ... que parvoíce é que te apetece dizer agora? ...
- Descobri o “porquê” da condescendência de que os pedófilos têm usufruído no nosso país!
- Toda a gente sabe que tal situação advém do facto dos abusadores de menores serem ou terem amigos muito bem posicionados a nível social ... ou em termos de ocupação de altos cargos...
- Nada disso! ... o problema está no facto da Pedofilia estar na génese da tradição cultural do nosso país!
- O quê? Quem é que disse isso?
- Digo eu!... queres melhor demonstração de que a pedofilia faz parte das tradições culturais dos portugueses ... do que o facto destes terem atribuído a duas refeições do dia, nomes que incluem o termo “moço” ... ou seja ... há muito tempo que em Portugal se come o PEQUENO alMOÇO e o alMOÇO ... nestas condições qual é o Juíz que é capaz de punir exemplarmente um pedófilo ... quando sabe que qualquer advogado pode usar este argumento para defender um cliente seu que se dedique à pedofilia?...
 
publicado por raio às 08:17

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Junho de 2007

Afinal a pedofilia ... e os abusos sexuais ...

... são crime? ... Ou não?...
 
João Trovão abre a sua caixa de correio electrónico e é surpreendido com uma mensagem que um seu amigo lhe mandou e desabafa de imediato:
- Esta gente é doida! Devem pensar que alguém lê mensagens ou artigos com mais de 500 caracteres!
Maria Relâmpago ouviu e logo se prontificou para contrariar o seu esposo:
- Querido! Isso depende da temática! ... se for um tema importante as pessoas até lêem e provavelmente passam palavra.
- Vamos lá ver se eu consigo ler isto tudo!
- É sobre o quê?
- São as noticias sobre a redução de pena de que o violador de Celorico de Basto beneficiou na passada semana e que o Correio da Manhã publicou on-line em http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?idCanal=0&id=244323 ...
 
Logo_Correio_da_Manhã.gifCORREIO DA MANHÃ - 2007-05-29 - 13:01:00
 
Acórdão: Menos dois anos e meio de prisão
Juízes atenuam pedofilia
 
Uma violação aos 13 anos é menos grave do que aos sete. É este o entendimento do Supremo Tribunal de Justiça, que considera estar-se a valorizar excessivamente a pedofilia, aplicando-se penas demasiado altas a indivíduos condenados por abusos sexuais de menores.
 
“O tribunal da 1.ª instância, com o aval da Relação, sobrevalorizou a componente da prevenção geral positiva, filtrada através da sua relevância mediática, com as distorções que uma tal abordagem do problema ocasiona”, disseram agora os juízes, criticando mesmo uma passagem do acórdão onde se agravava a pena a um homem que tinha sido condenado a sete anos e meio de cadeia por seis crimes de abusos sexuais, quer na forma tentada quer continuada.
 
“No que concerne às necessidades de prevenção geral positiva, há que ponderar o facto de que a natureza deste tipo de crime ser susceptível de causar alarme social, sobretudo numa época em que os processos de pedofilia têm relevância mediática e a sociedade está mais desperta para esse flagelo. Por conseguinte, as necessidades de prevenção geral positiva são relevantes, ( ) tal como a reposição da confiança dos cidadãos nas normas violadas e a efectiva tutela dos bens jurídicos”, diziam então os juízes, ao que o Supremo contrapôs com a idade das vítimas: “É de considerar o grau de desenvolvimento do menor, não sendo certamente a mesma coisa praticar algum dos actos com uma criança de cinco, seis ou sete anos, ou com um jovem de 13 anos, que despertou já para a puberdade e que é capaz de erecção e de actos ligados à sexualidade que dependem da sua vontade”, lê-se no acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, onde os juízes determinam que a pena do arguido deve descer de sete anos e cinco meses para cinco anos de prisão.
 
CINCO CONDENAÇÕES
 
A pena de sete anos e cinco meses de cadeia resultava do cúmulo jurídico de cinco condenações por diferentes situações. Por três crimes de abuso sexual de criança, na forma tentada, o homem foi condenado a penas de oito, nove a dez meses de prisão; pelo crime de abuso sexual de criança através de conversa obscena, na pena de um ano de cadeia; e pelo crime de abuso sexual de criança na forma continuada, na pena de seis anos e cinco meses.
 
O Supremo entendeu que só admitia recurso do caso dos abusos sexuais continuados. Os restantes crimes, por preverem penas, no limite máximo, inferiores a oito anos de cadeia, não eram passíveis de recurso.
 
Também quanto à argumentação do indivíduo, que garantia não ter o Ministério Público legitimidade para avançar com a acção por não haver queixa dos pais do menor, o Supremo não lhe deu razão. Disseram os juízes que a mãe havia inicialmente manifestado o desejo de se queixar, sendo irrelevante que depois não se lembrasse.
 
RUMORES NA LOCALIDADE
 
Dizem os juízes-conselheiros que a imagem social do arguido foi prejudicada pelo processo, dado o forte impacto que os crimes tiveram em Celorico da Beira. Lembram ainda que aqueles factos deram “alguma consistência aos rumores que há vários anos circulavam relativamente à sua apetência por crianças, para fins sexuais”, o que por si só também é uma punição a ter em conta.
 
Relativamente ao indivíduo, os juízes deram como provado que mantinha à data dos factos uma relação afectiva estável e equilibrada com a cônjuge” e com os dois filhos do casal. A vida familiar estava adequadamente estruturada, beneficiando o agregado de uma situação estável ao nível económico. No seu quotidiano, o arguido também privilegiava os momentos passados em contexto familiar e no exercício da sua actividade profissional, mantendo escassas e pouco aprofundadas relações de amizade e convivência social. Mas beneficiava de uma positiva integração ao nível comunitário, sendo a sua imagem social globalmente positiva.
 
QUATRO ANOS DE ABUSOS
 
A sentença fala em abusos sexuais entre 2000 e 2004. Foram apuradas situações relativas a quatro rapazes, todos eles abordados pelo arguido para manterem contactos sexuais. Só num caso, porém, os abusos foram concretizados. De forma reiterada e numa garagem em Celorico da Beira.
 
O rapaz foi obrigado a praticar sexo com o indivíduo e, por medo, nunca o revelou. O que também é anotado pelos juízes-conselheiros que ressalvam que o facto de não ter havido coacção deve também ser entendido como uma não agravante do crime. “O arguido foi mantendo o seu comportamento sobre este menor, o que foi sendo propiciado pelo facto de o menor não contar a ninguém. (...) Por receio do arguido, que se limitou a ‘ordenar’ ao ofendido que não contasse o que se passava entre eles”, dizem os juízes.
 
SAIBA MAIS
 
4 juízes assinaram o acórdão. O relator foi Rodrigues da Costa e os restantes são Arménio Sottomayor, Reino Pires e Carmona da Mota.
 
14 anos é a idade mínima para que o consentimento de um jovem, no caso de contactos sexuais, seja valorizado. Até esse limite a jurisprudência defende que não há maturidade suficiente para permitir ou não o contacto.
 
EXCESSO
 
Devido à estigmatização deste tipo de processos, dizem os juízes do Supremo que a pena aplicada mostra-se claramente “excessiva e desproporcionada”.
 
QUEIXAS
 
Outras situações apuradas não foram a julgamento visto que os pais dos menores não apresentaram queixa.
 
PRENDAS
 
Num dos casos, o homem tentou aliciar o menor oferecendo-lhe fichas para andar nos carrinhos de choque.
 
 
Tânia Laranjo
 
 
... Depois o caso evoluiu e foi objecto de nova noticia, publicada em http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=244453&idselect=9&idCanal=9&p=200 ...
CORREIO DA MANHÃ - 2007-05-30 - 00:00:00
 
Artur Costa
Não mudava uma vírgula no acórdão
 
Artur Costa, juiz do Supremo Tribunal de Justiça e relator da decisão que reduziu a pena a um indivíduo condenado por abusos sexuais de menores, garante ao CM que “não mudava uma vírgula” na decisão tomada.
 
 
Diz que o documento que assinou em conjunto com mais três juízes-conselheiros é “uma peça inatacável do ponto de vista jurídico e bem estruturada na sua fundamentação”. Sobre a diminuição da pena por o jovem em causa ter 13 anos, defende que a diferença é inequívoca. “A realidade diferencia as situações. Uma criança de cinco, seis ou sete anos não tem erecção e esta teve. Logo são situações que não podem ser graduadas da mesma forma.”
 
O magistrado assegura que o acórdão teve em conta o facto de o jovem ter “colaborado” nos abusos sexuais. “Aceitou sete vezes ir ter com o arguido. O tribunal deu como provado que foi por medo. Mas ele não podia ter dito que não?”, interroga-se o juiz, que assegura não compreender a polémica em torno da decisão.”É inequívoco que é diferente violar uma criança de seis anos e uma de 13.”
 
Artur Costa critica ainda António Cluny, presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, que ontem afirmou que os juízes deviam evitar dar opiniões pessoais nas decisões judiciais. “Não aceito a crítica porque o sr. procurador-geral adjunto desconhece o objecto criticado. Disse aliás que não tinha lido o acórdão, portanto não pode saber se é ou não opinião pessoal. Qualquer decisão tem sempre uma carga subjectiva. Aliás, o Mundo é sempre visto pelos olhos de alguém. E isso não me parece ter nada de errado”, refere.
 
Opinião dos juízes
 
Eurico Reis, desembargador na Relação de Lisboa, critica também as afirmações de Cluny embora deixe claro que não partilha da argumentação defendida no acórdão. “Os juízes são seres responsáveis e têm o direito a ter opinião. Devem também expressar as suas posições e clarificar a fundamentação de uma decisão judicial. O que, neste caso, os juízes disseram é que o tribunal de 1.ª instância e a Relação de Guimarães tinham sido demasiado sensíveis à carga mediática do crime. E isso parece-me razoável, defensável mesmo, porque as decisões judiciais não devem ser apaixonadas”, disse.
 
Quanto à moldura penal (a pena desceu de sete anos e cinco meses para cinco anos de cadeia em cumulo jurídico), Eurico Reis não concorda com os colegas: “É inequívoco que é diferente violar uma criança de cinco anos e outra de 13. Agora o que me parece é que a sociedade não olha para as crianças e jovens como sementes do futuro e os juízes espelham essa mesma sociedade. Basta ver que houve pais que não apresentaram queixa. Entenderam que não deviam defender os filhos”.
 
António Cluny assegura que não pretende criticar o acórdão. “Não o li, não tive tempo”, disse ao CM, esclarecendo que apenas defende que os magistrados devem abster-se de dar as opiniões pessoais. “No contexto actual, em que os acórdãos são lidos por mais pessoas, os magistrados deviam abster-se de dar as suas opiniões de natureza doutrinária. Para não retirarem legitimidade às mesmas.”
 
O QUE DIZ O JUIZ
 
- É uma peça inatacável do ponto de vista jurídico e bem estruturada na sua fundamentação
 
- A realidade é que diferencia as situações. Um rapaz de cinco, seis ou sete anos não tem erecção Este teve. Logo são situações que não podem ser graduadas da mesma forma
 
- Qualquer decisão tem uma carga subjectiva. O mundo é sempre visto pelos olhos de alguém. Não me parece ter nada de errado
 
O QUE ELES DIZEM
 
"AS MARCAS PSICOLÓGICAS SÃO DIFERENTES“
 
A capacidade de apreender os factos é diferente aos seis ou aos 13 anos. E as marcas psicológicas são mais intensas se os abusos forem aos 5/6 anos e não aos 13” Henrique Gaspar, vice do STJ
 
JUIZ INVOCOU ESTATUTO DE JUBILADO E DEVER DE RESERVA
 
Armando Leandro, presidente da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, escusou-se a comentar o teor do acórdão do STJ, por o desconhecer. Invocou ainda que como juiz jubilado tinha dever de reserva. Armando Leandro
 
PROCURADOR CRITICA "OPINIÃO" DOS MAGISTRADOS
 
“No contexto actual, em que os acórdãos são lidos por mais pessoas, os magistrados deviam evitar opiniões. Para que as decisões, se mal interpretadas, não percam legitimidade”. António Cluny
 
- “Graduar uma pena exige sempre fazer opções. Uma pessoa que mata um indivíduo não pode ser condenada da mesma forma do que a que mata 25. Foi também isto que os juízes fizeram”. Eurico Reis, juiz desembargador
 
PORMENORES
 
CÚMULO JURÍDICO
 
A pena de cinco anos de cadeia aplicada ao indivíduo foi determinada por um cúmulo jurídico. O sapateiro foi condenado por três crimes de abusos sexuais na forma tentada, um na forma continuada e por comportamento obsceno com um quinto menor.
 
LIMITE MÍNIMO
 
Pelos abusos sexuais continuados, o Supremo aplicou-lhe uma pena de quatro anos de cadeia, próxima do limite mínimo. A moldura penal é de três a dez anos.
 
QUEIXAS
 
Muitos pais de menores alegadamente vítimas de abusos não quiseram exercer o direito de queixa. Nesses casos, o procedimento criminal não pôde prosseguir.
 
RECURSO
 
A decisão do Supremo Tribunal de Justiça apenas se pronunciou sobre o crime de abusos sexuais continuados. Os restantes crimes não eram passíveis de recurso para o Supremo e mantiveram-se as decisões da 1ª instância.
 
DECISÃO FINAL
 
A decisão do Supremo Tribunal de Justiça é uma decisão final e não é passível de recurso. Apenas pode ser questionada para o Tribunal dos Direitos do Homem, tal como aliás aconteceu recentemente no caso do acórdão que legitimava as “bofetadas” e “estaladas” a crianças. Aí, o Estado foi condenado por ter proferido tal decisão.
 
SOLTAS
 
4 ANOS DE ABUSOS
 
Abusos sexuais ocorreram entre 2000 e 2004. Quatro rapazes foram contactados para manterem contactos sexuais mas só foram concretizados com um
 
VÁRIAS CONDENAÇÕES
 
Pena resultava de cinco condenações (três por abuso sexual de forma tentada, uma por conversa obscena e outra por abuso sexual de forma continuada)
 
ARGUIDO PREJUDICADO
 
Lê-se no acórdão do Supremo que a imagem social do arguido foi prejudicada pelo processo dado o forte impacto que os crimes tiveram em Celorico de Basto
 
 
Tânia Laranjo / S.C.
 
 
Depois de ler as duas notícias ... Maria Relâmpago fica inquieta e equaciona:
- Reduzem a pena de um abusador? ... Com o argumento de que a criança já tinha 13 anos, então e se quem fosse violada, já fosse uma pessoa adulta ... faziam o quê? Atribuíam uma indemnização ao violador? Mas esses tipos do Supremo Tribunal de Justiça ... são Juizes? ou são pedofilos ou violadores disfarçados?...
- Não vou tão longe! ... Mas chego a pensar que estão a criar condições para que ninguém se venha admirar quando nada acontecer à escumalha que abusou das crianças da Casa Pia ...
- Eu acredito que nesse caso ... a Justiça vai acabar por funcionar de um modo equilibrado!
- Como assim? - Questão levantada por João ... que merece resposta pronta de Maria:
- Então, já atribuíram indemnizações às crianças vitimas de abusos ... e qualquer dia ... atribuem uma indemnização aos abusadores ... queres coisa mais equilibrada?...
 
 
 
publicado por raio às 08:46

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

@Autores

@pesquisar

 

@Taxa de Câmbio

CONVERSOR DE MOEDAS

instale no seu site [ gratuitamente ]

@Queres colaborar neste blogue?

@ Yes!... Quero colaborar neste blogue!!

@Selo do Blogue

@Cont@cto

A área de Comentários deste Blogue está aberta para permitir o direito de resposta às entidades visadas e para que todos possam dar a sua opinião sobre os temas abordados e artigos aqui publicados, todavia:
 
@ Se encontrou algum erro nos artigos publicados;
 
@ Se tem algum artigo que gostasse de ver publicado neste blogue;
 
@ Se tem ideias ou tópicos relativos a algum tema que aqui queira ver desenvolvido;
 
@ Se desejar deixar uma critica ou uma sugestão ou se simplesmente desejar entrar em contacto com o autor do Blogue Trovoada Seca;
 
Pode enviar a sua mensagem para o e-mail: trovoada.seca@gmail.com
 
(Todas as mensagens com publicidade duvidosa ou a noticiar que eu ganhei uma lotaria internacional serão imediatamente reportadas como SPAM)

@posts recentes

@ Justiça Imparcial …

@ A Tradição Cultural da .....

@ Afinal a pedofilia ... e ...

@Blogs

@ A
AFSP Notícias
Alma Roubada
Amizades e Flores
A Padeira de Aljubarrota
Arco-Íris da Vida
Arte e Magia no PSP
Asas Para Voar
As Minhas Imagens
As Palavras e o Mundo
A Sul
Astro-Reiki [Reiki & Astrologia]
A Ver Navios


@ B
Blogadinha dos Virtuais
Blog da Rosamar
Blog Oficial do Blogs Sapo
Blog da Rosamaria
Blog do Rums
Blog Oval

@ C
Cansei
Cantinho da Rosa
Carlinha Pink
Carne Azeda
Casa do Consultor
Cinda Moledo
Clouberry
Colcha de Retalhos
Columbófilia
Cópia Perfeita
Coração Solidário
Critica na Rede
Crónicas de Uma Mãe Atrapalhada
Cuidem de Nossos Animais

Curtas Metragens


@ D
DaPlanície
Dark Angel
Desculpe Qualquer Coisinha
Docas nas Asas do Desejo
Do Miradouro

@ E
Educação em Portugal | Metas e Medidas
Eimar Suely
Elástico da Cueca
Emolicious
Escavar em Ruínas
Estórias da Minha Terra
Estou Estupefacta
Estrela do Céu
Eu & Eu Neusa Beatriz
Extras by Kika

@ F
Fascínio, Arte e Beleza nos Automóveis e na Mulher
Ferreirinha
Florbytes
Fora de Jogo
Fotografia de João Palmela

@ G
Genny
Geração Rasca
Gifs da Kaká

@ H
How you Doing?

@ I
Ideologia e Biologia
Insomnia

@ J
Jesus Minha Rocha
@ K
Kruzes Kanhoto

@ L
Loirinha
Lol Tuga
Lua Blog
Lugar ao Som
Luz do Desejo

@ M
MAPUFT
Maripossa
Memórias Secretas
Mitos, Modas, Clichés
Moranguitoooos
Mundo Animal
Mundo Animal
My Litle Space

@ N
@ O
O Cantinho da Estrela
O Cantinho da TiBéu
O Cantinho dos Miudos
O Incrível Diário da Carochinha
Olha_por_Mim
O Muro das Lamentações
O Outro Lado
Opinião em Duplo
Oportunity
Os Bigodes do Gato
O Sino da Aldeia
O Sítio da Bola de Cristal

@ P
Paixões e Encantos
Paz Original
Penso, Logo Existo ...
Poesia de Augusto P. Gil

@ R
Reflexões de Um Louco
Rir até Cair
Rita Moranguita
Rosamar's Space

@ S
Salvo-Conduto
Sandrita Dinis
Saobanza
Seduções
(Sem Nome)
SigaCafe
Simbioses
Sisters&Friends
Sofia Sama
Sorriso Alegre
Só Tenho Coisas que me Ralem

@ T
Tintas e Pincéis
Tiraram-me o Gato
Tou Aqui 42
Túlipa Branca

@ U
Última Flor do Lácio
Uma Vida ...

@ V
Vaga Aberta
Vampira Encantada
Velhinho Prega Secas
Verde Água
Vila Forte
Virginiana
Vitor Valente

@ W
Women Blog

@tags

@ sexo(47)

@ trovoada seca(46)

@ portugal(45)

@ reiki(42)

@ divulgação(39)

@ albufeira(37)

@ política(33)

@ sociedade(32)

@ saúde(30)

@ amor(29)

@ homem(29)

@ mulher(29)

@ eu(26)

@ vida(26)

@ algarve(23)

@ actualidade(22)

@ blogs(22)

@ ensino(20)

@ políticos(20)

@ bloggers(19)

@ destaque(19)

@ divulgação de blogues(18)

@ divulgador(18)

@ índice de blogues(18)

@ registo de blogue(18)

@ top(18)

@ karuna(17)

@ nível 1(17)

@ formação(16)

@ curso de reiki(15)

@ justiça(15)

@ mestre(14)

@ beja(13)

@ bem-estar(13)

@ futebol(13)

@ meditação(13)

@ pensamento(13)

@ lisboa(12)

@ curso(11)

@ amigos(10)

@ blog(10)

@ iniciação(10)

@ japão(10)

@ universo(10)

@ 2008(9)

@ energia(9)

@ estradas(9)

@ governo(9)

@ terapeuta(9)

@ 2009(8)

@ aprendizagem(8)

@ conselhos úteis(8)

@ eleições(8)

@ trânsito(8)

@ advogados(7)

@ alentejo(7)

@ blogue(7)

@ faro(7)

@ fevereiro(7)

@ religião(7)

@ vídeo(7)

@ atletas(6)

@ brasil(6)

@ crianças(6)

@ desporto(6)

@ notícias(6)

@ noticias(6)

@ portimão(6)

@ porto(6)

@ professores(6)

@ psd(6)

@ sapo(6)

@ silves(6)

@ tibete(6)

@ (5)

@ actividades(5)

@ ajuda(5)

@ almansil(5)

@ apr(5)

@ assaltos(5)

@ benfica(5)

@ blogues(5)

@ boliqueime(5)

@ compaixão(5)

@ curso de karuna(5)

@ hospitais(5)

@ informação(5)

@ iniciação ao karuna(5)

@ josé sócrates(5)

@ madeira(5)

@ nível 2(5)

@ noticia(5)

@ obras na via(5)

@ odemira(5)

@ partilha(5)

@ pequim 2008(5)

@ prisões(5)

@ reiki em albufeira(5)

@ televisão(5)

@ alunos(4)

@ todas as tags

@Sites

@ Astronomia
Astronomia na Web
Mapa do Céu

@ Agricultura e Pescas
MADRP - Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas

@ Bebés
Guia do Bebé

@ Bebidas
APCV - Associação Portuguesa dos Produtores de Cerveja

@ Bicicletas
69ª Volta a Portugal em Bicicleta/EDP -2007
SuperCiclismo Online

@ Biografias
Biografias
“O Leme” - Biografias

@ Bombeiros e Protecção Civil
ANPC - Autoridade Nacional de Protecção Civil

@ Câmeras On-line
Porto do Funchal - Webcam

@ Casas Pré-Fabricadas
FabPrefab - Portal da construção pré-fabricada
IberMódulo - Aluguer de Módulos e Equipamentos, Lda.

@ Cinema
Citi - Cinema
Expresso - Cartaz de Cinema
PT Gate - Cinema
Público - Cartaz de Cinema

@ Comunicação Social
A Bola On-line
Agência Lusa
Agência Lusa - Brasil
BBC News
Correio da Manhã
Destak
Diário Digital
DN - Diário de Notícias
Islam em Linha - Revista Virtual
JN - Jornal de Notícias
Máxima - Revista Feminina
Portugal Diário
Público
Semanário Sol
Zero Hora - Diário Brasileiro

RTP - RádioTelevisão Portuguesa
SIC
TVI


@ Consumidores
DECO - Associação de Defesa do Consumidor
Portal dos Consumidores - Instituto do Consumidor

@ Crianças
IAC - Instituto de Apoio à Criança
POL - Psicopedagogia On-Line - Educação e Saúde Mental

@ Defesa dos Direitos dos Animais
ANIMAL - Associação Nortenha de Intervenção no Mundo Animal

@ Design
AND - Associação Nacional de Designers
DPO - Dicionário Publicitário Online
Logo Design History - Logoorange (História de Símbolos e Logotipos)

@ Desporto Olímpico
Comité Olímpico de Portugal
Quadro de Medalhas
Jogos Olímpicos - Pequim 2008 (Site Oficial)

@ Diversos
Adiaspora.com
NetDisaster.com
Associação Cívica Vidas Alternativas

@ Ensino
ME - Ministério da Educação de Portugal

Universidade Bucks New University
UFC - Universidade Federal do Ceará

@ Estatísticas e Sondagens
INE - Instituto Nacional de Estatística
Marktest

@ Eventos
Agenda Lx

@ Federações, Confederações e Colectividades
CDP - Confederação do Desporto de Portugal
FPC - Federação Portuguesa de Columbofilia
FPDD - Federação Portuguesa de Desporto para Deficientes

@ Heráldica
Home Page do Físico

@ Impostos
Direcção-Geral dos Impostos
Declarações Electrónicas

@ Instituições Internacionais
CE - Comissão Europeia
CPLP - Comunidade dos Países e Lígua Portuguesa
UE - União Europeia

@ Justiça
MJ - Ministério da Justiça de Portugal

@ Juventude
Portal da Juventude

@ Literatura
Projecto Vercial - Base de Dados sobre Literatura Portuguesa

@ Magia
Associação Portuguesa de Ilusionismo

@ Mapas
Mapa de Portugal

@ Matemática
Matemática Divertida

@ Meteorologia
Instituto de Meteorologia
MeteoPT - Fórum de Meteorologia

@ Municípios
Câmara Municipal de Belmonte
Câmara Municipal de Lisboa

@ Música
Cifras.Com.Br

@ Pintura
WebArt

@ Política

Portal da Presidência da República Federativa do Brasil

Portal da Presidência da República Portuguesa

Portal do Governo Brasileiro

Secretaria de Imprensa - Presidência da República Federativa do Brasil

BE - Bloco de Esquerda
CDS-PP - Partido Popular
CNE - Comissão Nacional de Eleições
PCP - Partido Comunista Português
PCTP-MRPP - Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses
PEV - Partido Ecologista "Os Verdes"
PNR - Partido Nacional Renovador
Portal do Governo
PPD-PSD - Partido Social Democrata
PS - Partido Socialista

@ Religião
Agência Ecclesia - Agência de Notícias da Igreja Católica em Portugal
Budismo! Do Brasil Internet
Clério’s Home Page - Clério José Borges de Sant’Anna
Ecclesia-Brasil
Islam em Linha
Orações
Padre Marcelo Rossi - Site Oficial
Paróquia de São Pedro
Portal da Família
Sociedade Internacional Gita do Brasil (Gita-Ashrama Brasil)
SDPF - Secretariado Diocesano Pastoral Familiar - Diocese de Coimbra
UCP – Universidade Católica Portuguesa

@ Saúde
AMI - Assistência Médica Internacional
APCC - Associação Portuguesa do Cancro Cutâneo
APDP - Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal
APFADA - Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer
Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva - Prof. Fernando Pádua
INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P.
IPOPFG, EPE - Instituto Português de Oncologia de Francisco Gentil
Liga Portuguesa Contra o Cancro
Portal da Saúde - Ministério da Saúde

@ Segurança
GNR - Guarda Nacional Republicana
MAI - Ministério da Administração Interna
PJ - Polícia Judiciária
PSP - Polícia de Segurança Pública

@ Seguros
APS - Academia Portuguesa de Seguros
APS - Associação Portuguesa de Seguros
ISP - Instituto de Seguros de Portugal

@ Sindicatos
CGTP - Intersindical Nacional

@ Solidariedade
Associação Portuguesa de Solidariedade Mãos Unidas P. Damião
CNIS - Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade

@ Superfícies Comerciais
Modelo Continente SGPS, SA

@ Telefones
Páginas Amarelas
Páginas Brancas

@ Tradições
Folclore

@ Trânsito
EP - Estradas de Portugal, E.P.E.
Fastaccess - O Portal do Automobilista
SR - Segurança Rodoviária

@Concurso

@ Eleição de Miss Lightning...

@as minhas fotos

@arquivos

@ Janeiro 2014

@ Fevereiro 2012

@ Janeiro 2012

@ Dezembro 2011

@ Novembro 2011

@ Outubro 2011

@ Agosto 2011

@ Outubro 2010

@ Agosto 2010

@ Julho 2010

@ Junho 2010

@ Maio 2010

@ Abril 2010

@ Março 2010

@ Fevereiro 2010

@ Dezembro 2009

@ Outubro 2009

@ Setembro 2009

@ Agosto 2009

@ Julho 2009

@ Junho 2009

@ Maio 2009

@ Abril 2009

@ Março 2009

@ Fevereiro 2009

@ Janeiro 2009

@ Dezembro 2008

@ Novembro 2008

@ Outubro 2008

@ Setembro 2008

@ Agosto 2008

@ Julho 2008

@ Junho 2008

@ Janeiro 2008

@ Dezembro 2007

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@ Agosto 2007

@ Julho 2007

@ Junho 2007

@ Maio 2007

@ Abril 2007

@ Março 2007

@Contador


@Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
blogs SAPO

@subscrever feeds

@Blogosfera

Estou no Blog.com.pt

Classifique o nosso site
no mundoPT.com



link.blog-Teorias
PT Bloggers a directoria de blogs Portugueses
BlogBlogs.Com.Br
Votez pour mon site !
Search For Blogs, Submit Blogs, The Ultimate Blog Directory
Blog Flux Pinger - reliable ping service.





Personal Blogs - Blog Top Sites

Top Tuga

Sports Blogs
Create blog

BloGalaxia



blogaqui?


puBlog: textads portugueses